EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Página 5 de 14 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Qui Abr 18 2013, 21:35



Quantos Séculos Precisa um Espírito para Ser Compreendido?

Os maiores acontecimentos e os maiores pensamentos – mas os maiores pensamentos são os maiores acontecimentos – são os que mais tarde se compreendem: as gerações que lhes são contemporâneas não vivem esses acontecimentos, - passam por eles. Acontece aqui algo de análogo ao que se observa no domínio dos astros. A luz das estrelas mais distantes chega mais tarde aos homens; e antes da sua chegada, os homens negam que ali – existam estrelas. “Quantos séculos precisa um espírito para ser compreendido?” – aí está também uma medida, um meio de criar uma hierarquia e uma etiqueta necessárias: para o espírito e para a estrela.

Friedrich Nietzsche, in "Para Além de Bem e Mal"
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Seg Abr 22 2013, 10:51

Desabafo de Segunda-feira

"É impossível para o espelho da alma refletir na imaginação alguma coisa que não esteja diante dele. É impossível que o lago tranqüilo mostre em sua profundeza a imagem de qualquer montanha ou o retrato de qualquer árvore ou nuvem que não exista perto do lago. É impossível que a luz projete na terra a sombra de um objeto que não exista. Nada pode ser visto, ouvido ou de outro modo sentido, sem ter essência real. O resto é excesso. Na luta contra o mal o excesso é bom; quem é moderado em anunciar a verdade está apresentando apenas uma meia-verdade. Esconde a outra metade com receio da cólera do povo. Não vou me surpreender se os "pensadores" disserem de mim: "É um homem de excessos que se volta para o lado mais desagradável da vida e não apresenta nada mais que desgraças e lamentações."

Se não entende, cumpadre, na casa da ignorância não há espelho no qual se possa ver a alma.

A vida, mestre, é uma escuridão que termina na explosão da luz do dia. Sempre!"

Raul Seixas
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Dom Maio 05 2013, 19:36

Não Julgues Segundo a Soma

Não hás-de julgar segundo a soma. Vens-me dizer que não há nada a esperar daqueles acolá. São grosseria, gosto do lucro, egoísmo, ausência de coragem, fealdade. Mas se me podes falar assim das pedras, as quais são rudeza, peso morno e espessura, já o não podes daquilo que tiras das pedras: estátua ou templo. Quase nunca vi o ser comportar-se como o teriam feito prever as suas partes. Se pegares em vizinhos à parte, virás a concluir que cada um deles odeia a guerra e não está disposto a abandonar o lar, porque ama os filhos e a esposa e as refeições de aniversário; nem a derramar o sangue, porque é bom, dá de comer ao cão e faz carícias ao burro, nem a roubar outrem, pois tu bem vês que ele apenas preza a sua própria casa e puxa o lustro às suas madeiras e manda pintar as paredes e perfuma o jardim de flores.
E dir-me-ás: «Eles representam no mundo o amor à paz...» No entanto, o império deles não passa de uma grande terrina onde se vai cozendo a guerra. E a bondade deles e a doçura deles pelo animal ferido e a emoção deles à vista de flores não passam de ingrediente de uma magia que prepara o tilintar das armas, da mesma maneira que aquela mistura de neve, de madeira envernizada e de cera quente prepara as grandes palpitações do coração, embora a captura não seja, como nunca é, da essência do laço.

Antoine de Saint-Exupéry, in "Cidadela"
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Ter Maio 07 2013, 20:23

Estou Cansado

Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo...
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Ter Maio 07 2013, 20:45

O Paradoxo Divino.

O que pode Deus querer de nós?...

Se Deus existe, está preso, amarrado ao amor que tem por nós...
Que ninguém ama sem ficar preso...
Que ninguém odeia sem primeiro ter amado.
E se Deus nos odeia... então, a culpa é dele!
Pois que nos fez odiosos...
Mas, se Lhe somos indiferentes...

Pobre e pequeno Deus esse, que faz coisas para deitar fora.
Quem faz coisas para deitar fora, sou eu...
Sou imperfeito... tenho o direito de deitar fora, tudo o que faço!
Ele não! Ele é perfeito.
E quem é perfeito... está completamente amarrado!


mjp

avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Ter Maio 07 2013, 20:56

Ela Canta, Pobre Ceifeira

Ela canta, pobre ceifeira,
Julgando-se feliz talvez;
Canta, e ceifa, e a sua voz, cheia
De alegre e anônima viuvez,

Ondula como um canto de ave
No ar limpo como um limiar,
E há curvas no enredo suave
Do som que ela tem a cantar.

Ouvi-la alegra e entristece,
Na sua voz há o campo e a lida,
E canta como se tivesse
Mais razões pra cantar que a vida.

Ah, canta, canta sem razão!
O que em mim sente ‘stá pensando.
Derrama no meu coração a tua incerta voz ondeando!

Ah, poder ser tu, sendo eu!
Ter a tua alegre inconsciência,
E a consciência disso! Ó céu!
Ó campo! Ó canção! A ciência

Pesa tanto e a vida é tão breve!
Entrai por mim dentro!
Tornai Minha alma a vossa sombra leve!
Depois, levando-me, passai!

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Paulo Neto em Ter Maio 07 2013, 21:02

Pai, ontem empatámos. Ia desmaiando. Eu sei que vamos ser campeões. Eu sei. Porque simplesmente merecemos. Por isso, escreverei um texto daquilo que sinto, senti e sempre sentirei pelo Benfica. Podes mostrar a quem quiseres. Tens poder até para fazê-lo chegar aos grandes quadros do Benfica e até jogadores. Pois aqui vai:

Estou a mais de 8 mil quilómetros da minha cidade natal. Mas nem por isso deixo de estar Contigo. Penso em Ti a toda a hora. Sou louco por Ti. Por Ti vivo cada minuto da minha vida. Eu sei que vais vencer. Foste fadado a isso. Tu, oh grande Sport Lisboa e Benfica, estás destinado a grandes e maravilhosos feitos. Como dizia Spartacus: ''os combates não se ganham pela força, mas pela vontade e inteligência''. E é isso que tens de fazer, Benfica. Tem coragem. Tem vontade. Tudo se concretizará se acreditares. E eu acredito. Oh, como acredito em Ti. Tem coragem. Nunca estarás sozinho. Tens em Ti todos os sonhos do mundo (Fernando Pessoa), não trazidos por uma qualquer obra do acaso, mas por uma barco que de sonhos é tecido. E tens também a força de milhões que Te apoiam, de loucos que choram e gritam por Ti. Se estivermos unidos, nada nos derrubará. Tu, Benfica, nunca estarás sozinho!

Como eu gostaria de ver, tocar e sentir todas as coisas deste Mundo... por isso um grupo de seres humanos maravilhosos fundou esta gloriosa Instituição. Tu és tudo o que quero. O cume do ideal. E da vontade de ser feliz. Serei capaz de Te amar mil anos; e mais mil anos outra vez se for preciso. Segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, séculos, milénios. Serás sempre nosso. E se jogasses no céu neste momento, eu morreria só para Te ver jogar. E saberia que estava no paraíso, pois estavas lá.
E sabes, oh grandioso, como se dizia fã incondicional em latim? Era adepto. Tal como se diz hoje na nossa maravilhosa língua. E Pluribus Unum Ad Infinitum. Todos por um, até ao infinito. Todos por este ideal chamado Benfica.

Não fui eu que escolhi o Benfica. Não somos nós que o elegemos. O Benfica é que nos escolhe a nós. E é assim que a águia vem parar ao nosso peito. E todos e cada um somos privilegiados por pertencer a este clube maravilhoso. Clube do povo. Dos trabalhadores. Daqueles que nada têm a não ser a força do seu trabalho. Por isso estás destinado a vencer. Para dares alegrias aqueles que já pouco possuem. Como tal, eu digo e afirmo: tenho orgulho em pertencer à maior Associação Desportiva do mundo. Eu tenho orgulho em ser SPORT LISBOA E BENFICA, meu perpétuo, indefectível e incondicional amor.

Daniel Melo




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.

avatar
Paulo Neto
Admin
Admin

Mensagens : 8124
Likes : 280
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 44
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Ter Maio 07 2013, 22:14

A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.

Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho...

Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi.

Santo Agostinho
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Ter Maio 07 2013, 22:22

Ser ou não ser, eis a questão.
O que é mais nobre? Sofrer na alma
As flechas da fortuna ultrajante
Ou pegar em armas contra um mar de dores
Pondo-lhes um fim? Morrer, dormir
Nada mais; e por via do sono pôr ponto final
Aos males do coração e aos mil acidentes naturais
De que a carne é herdeira, num desenlace
Devotadamente desejado. Morrer! Dormir; dormir
Dormir, sonhar talvez: mas aqui está o ponto de interrogação;
Porque no sono da morte, que sonhos podem assaltar-nos
Uma vez fora da confusão da vida?
É isso que nos obriga a reflectir: é esse respeito
Que nos faz suportar por tanto tempo uma vida de agruras.
Pois quem suportaria as chicotadas e o escárnio do tempo
As injustiças do opressor, as afrontas dos orgulhosos,
A tortura do amor desprezado, as demoras da lei,
A insolência do oficial e os pontapés
Que o paciente mérito recebe do incompetente
Quando o próprio poderia gozar da quietude
Dada pela ponta de um punhal? Quem tais fardos suportaria
Preferindo gemer e suar sob o peso de uma vida fatigante
A não pelo medo de algo depois da morte
Esse país desconhecido de cujos campos
Nenhum viajante retornou, e que nos baralha a vontade
E nos faz suportar os males que temos
Em vez de voar para o que não conhecemos?
Assim a consciência nos faz a todos cobardes
E assim as cores nascentes da resolução
Empalidecem perante o frouxo clarão do pensamento
E os planos de grande alcance e actualidade
Por via desta perspectiva mudam de sentido
E saem do reino da acção.

William Shakespeare, 1564-1616, poeta e dramaturgo
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inútil

Mensagem por Filino Rupro em Sex Maio 10 2013, 14:58

Procurei despojar-me de coisas materiais
E acabei mais pobre

Procurei tornar-me um homem simples
E acabei por me tornar invisível e só

Procurei servir a Deus
E acabei desiludido e vazio

Procurei a alegria de dar
E acabei frustrado e triste

Procurei amar até estourar o coração
E sinto-me mal amado

Procurei ser um homem melhor
E sou plenamente inútil!

Mitro Vorga (aqui)



avatar
Filino Rupro
Membros
Membros

Mensagens : 1300
Likes : 96
Data de inscrição : 06/12/2012
Idade : 47
Localização : Aveiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Nosso Abril

Mensagem por Sara Mel em Qua Maio 15 2013, 22:37

No mais lindo dia dum Abril cheio de cor
Aquele que abriu a janela da esperança
Quero declarar-te o meu amor
E a minha covardia nesta dança

Nessa primavera sem dia
Quero dizer que o meu amor
É sangue, é dor
E estou em hemorragia

Mas também há esta covardia
De não ter força na vontade
De construir a alegria
Cantar um hino à liberdade

Sou traidor do povo
Que me traiu a mim
Transformar-me em homem novo,
Erguer os braços em nova manhã assim

Mas não me importa nada
O que traz a madrugada
Porque esperando aqui
Só me importa que te traga a ti!

M.V.


Sara Mel
avatar
Sara Mel
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 2743
Likes : 96
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 44
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Qui Maio 16 2013, 02:36

A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.

Ah, como hei-de encontrá-lo? Quem errou
A vinda tem a regressão errada.
Já não sei de onde vim nem onde estou.
De o não saber, minha alma está parada.

Se ao menos atingir neste lugar
Um alto monte, de onde possa enfim
O que esqueci, olhando-o, relembrar,

Na ausência, ao menos, saberei de mim,
E, ao ver-me tal qual fui ao longe, achar
Em mim um pouco de quando era assim.


Fernando Pessoa
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Qui Maio 16 2013, 02:41

Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento.

Machado de Assis
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Qui Maio 16 2013, 02:46

Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.

Friedrich Nietzsche
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Qui Maio 16 2013, 02:49

Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceite, desconfio que há falta de amor.

Vladimir Maiakóvski
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Sara Mel em Qui Maio 16 2013, 17:39

Nuno Júdice foi hoje galardoado com o Prémio Rainha Sofia de Poesia Iberoamericana "

"Eu, sabendo que te amo,
E como as coisas de amor são difíceis,
Preparo em silêncio a mesa
do jogo, estendo as peças
sobre o tabuleiro, disponho os lugares
necessários para que tudo
comece: as cadeiras
uma em frente da outra, embora saiba
que as mãos não se podem tocar,
e que para além das dificuldades,
hesitações, recuos
ou avanços possíveis, só os olhos
transportam, talvez, uma hipótese
de entendimento. É então que chegas,
e como se um vento do norte
entrasse por uma janela aberta,
o jogo inteiro voa pelos ares,
o frio enche-te os olhos de lágrimas,
e empurras-me para dentro, onde
o fogo consome o que resta
do nosso quebra-cabeças."

Nuno Júdice, "Jogo" in "A Fonte da Vida"


Sara Mel
avatar
Sara Mel
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 2743
Likes : 96
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 44
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Sex Maio 17 2013, 13:34

A Minha Dôr

Tua morte feriu-me no mais fundo,
Remoto da minh'alma que eu julgava
Já fóra desta vida e deste mundo!

E vejo agora quanto me enganava,
Imaginando possuir em mim
Alma que fôsse livre e não escrava!

Meu espirito é treva e dôr sem fim.
Todo eu sou dôr e morte. Sou franquêsa.
Sou o enviado da Sombra. Ao mundo vim

Prégar a noite, a lagrima, a incertêsa,
A luz que, para sempre, anoiteceu...
Esta envolvente, essencial tristêsa,

Tristêsa original donde nasceu
O sol caindo em lagrimas de luz,
Chôro de oiro inundando terra e céu!

Sou o enviado da Sombra. Em negra cruz,
Meu ilusorio sêr crucificado
Lembra um morto phantasma de Jesus...

E aos pés da minha cruz, no chão maguado,
A tua Ausencia é a Virgem Dolorosa,
Com tenebroso olhar no meu pregado.

Ah! quanto a minha vida religiosa,
Depois que te perdeste no sol-pôsto,
Se fez incerta, fragil e enganosa!

Em meu sêr desenhou-se um novo rôsto.
Sou outro agora; e vejo com pavor
Minha máscara interna de desgôsto.

Vejo sombras á luz da minha dôr...
Sombras talvez de eternas Creaturas
Que vivem na alegria do Senhor...

E quem sabe se os Mortos, nas Alturas,
Vivem na paz de Deus, em sitios êrmos,
Entre flôres, sorrisos e venturas?...

E quem sabe se as dôres que soffremos
E nosso corpo e alma, não são mais
Que as suas vagas sombras irreaes?...

Ah, nós sômos ainda o que perdemos...

Teixeira de Pascoaes, in 'Elegias'
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terrorista

Mensagem por Sara Mel em Sex Maio 17 2013, 19:19

Sei de alguns povos amordaçados,
Na fome, na raiva e na morte.
Povos pequenos e sem sorte,
Vítimas do desejo de futuro,
Que ousaram desejar a liberdade!
Há povos cercados por um muro.
Há notícias que são mera propaganda,
Nenhum resquício de verdade!

Povos, são apenas números perdidos,
Não importam muito mais...
Se morrem ou apenas ficam feridos,
São meros danos colaterais!
Quem dá voz ao povo que emudece?
Quem ousa gritar a sua raiva,
Na justiça que fenece?

Já não sei se vale a pena a esperança,
De um mundo mais fraterno, mais justo!
Esta macabra geopolítica dança,
Em que alguns ganham sempre,
E o resto fica sem tusto!

Há uma raiva que me seca a garganta.
Uma frustração que diz: - Nada adianta!
Mas as minhas mãos ganham garras,
A minha boca presas afiadas.
E se pensam que ficarei domesticado e manso,
Que tudo suportarei com ares de tanso,
Desenganem-se! Saiam-me da vista!
E não me importa nada, se me chamam terrorista!
_________________________________-
Mitro Vorga


Sara Mel
avatar
Sara Mel
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 2743
Likes : 96
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 44
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Seg Maio 20 2013, 01:35

Grandes Mistérios Habitam

Grandes mistérios habitam
O limiar do meu ser,
O limiar onde hesitam
Grandes pássaros que fitam
Meu transpor tardo de os ver.

São aves cheias de abismo,
Como nos sonhos as há.
Hesito se sondo e cismo,
E à minha alma é cataclismo
O limiar onde está.

Então desperto do sonho
E sou alegre da luz,
Inda que em dia tristonho;
Porque o limiar é medonho
E todo passo é uma cruz.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por TJ Curioso em Seg Maio 20 2013, 08:34

Vive!

Vive sem medo de viver,
Morre sem medo de morrer.

Rasga a máscara que sufoca a tua realidade
e sê fiel a ti mesmo.

Ainda que outros te procurem amordaçar,
Ainda que outros te procurem magoar,

Acredita que vale a pena viver,
sentir e sonhar.

Acredita ser um pássaro livre ao sabor do vento,
voando alto em teu pensamento.

Pelo menos aí és livre e não te podem prender.
Aí serás realmente tu.

Sozinho.
Livre.

TJ Curioso, in Delirius Matinais


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
avatar
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Índigo em Seg Maio 20 2013, 12:57

@TJ Curioso escreveu:Vive!


TJ Curioso, in Delirius Matinais

aplausos Muito bem TJC ... se tu pela manhã "deliras" dessa forma, então posso imaginar o que irás escrever quando estás no auge da tua inspiração! Wink


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!
avatar
Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3419
Likes : 229
Data de inscrição : 07/05/2012
Idade : 37
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Seg Maio 20 2013, 13:05

@Índigo escreveu:
@TJ Curioso escreveu:Vive!


TJ Curioso, in Delirius Matinais

aplausos Muito bem TJC ... se tu pela manhã "deliras" dessa forma, então posso imaginar o que irás escrever quando estás no auge da tua inspiração! Wink


Também quis elogiar o TJC... confesso que achei que era melhor estar calado! Obrigado por teres dado o pontapé de saída, Indigo...

Para ti TJC: muito belo o que escreveste! Obrigado por teres partilhado.
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Índigo em Seg Maio 20 2013, 13:14

@mjp escreveu:
@Índigo escreveu:
@TJ Curioso escreveu:Vive!


TJ Curioso, in Delirius Matinais

aplausos Muito bem TJC ... se tu pela manhã "deliras" dessa forma, então posso imaginar o que irás escrever quando estás no auge da tua inspiração! Wink


Também quis elogiar o TJC... confesso que achei que era melhor estar calado! Obrigado por teres dado o pontapé de saída, Indigo...

Para ti TJC: muito belo o que escreveste! Obrigado por teres partilhado.

Meu querido mjp, é um pecado tu estares calado! Wink


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!
avatar
Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3419
Likes : 229
Data de inscrição : 07/05/2012
Idade : 37
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por mjp em Seg Maio 20 2013, 13:25

@Índigo escreveu:
@mjp escreveu:
@Índigo escreveu:
@TJ Curioso escreveu:Vive!


TJ Curioso, in Delirius Matinais

aplausos Muito bem TJC ... se tu pela manhã "deliras" dessa forma, então posso imaginar o que irás escrever quando estás no auge da tua inspiração! Wink


Também quis elogiar o TJC... confesso que achei que era melhor estar calado! Obrigado por teres dado o pontapé de saída, Indigo...

Para ti TJC: muito belo o que escreveste! Obrigado por teres partilhado.

Meu querido mjp, é um pecado tu estares calado! Wink

Pecado é falar mentiras...
É esconder o coração a quem se ama,
E negar ajuda a quem nos estende a mão.

Pecado é vestir outra pele que não a nossa,
Dizer que a alma do outro é que é feia,
É dizer a tudo que sim, quando se pensa que não.
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 58
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Índigo em Seg Maio 20 2013, 13:29

@mjp escreveu:
Pecado é vestir outra pele que não a nossa,
É dizer a tudo que sim, quando se pensa que não.

Eu dentro da ORG no último ano "pequei" muito, porque andei a pensar não ..... e a dizer Sim! Embarassed

Mas finalmente consegui dizer NÃO, e ser fiel a mim mesma!


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!
avatar
Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3419
Likes : 229
Data de inscrição : 07/05/2012
Idade : 37
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excertos de literatura, Poesias e Pensamentos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 14 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum