EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Qui Set 06 2018, 11:29

Acabou de sair no Público! Wink

https://www.publico.pt/2018/09/06/sociedade/noticia/exmembros-acusam-testemunhas-de-jeova-de-incentivarem-vitimas-de-violencia-a-continuarem-casadas-organizacao-desmente-1843156

tem ainda esta parte anexa:
https://www.publico.pt/2018/09/06/sociedade/noticia/testemunhas-de-jeova-quem-sao-e-em-que-acreditam-1843161


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Investigando a Torre em Qui Set 06 2018, 12:52

Também no Jornal Público, edição em papel de hoje, págs. 8 e 9, na caixa - Sociedade.

IT


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

"Quem alberga a Verdade no seu coração, não deve temer que lhe falte força na língua e persuasão"
J. RUSKIN
«Stones of Venice», 11
Investigando a Torre
Investigando a Torre
Admin
Admin

Mensagens : 8505
Likes : 319
Data de inscrição : 21/09/2011
Idade : 60
Localização : Vila Nova de Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Qui Set 06 2018, 12:55

@Investigando a Torre escreveu:Também no Jornal Público, edição em papel de hoje, págs. 8 e 9, na caixa - Sociedade.

IT

aplausos aplausos aplausos aplausos


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ esclarecido em Qui Set 06 2018, 18:26

Com este artigo na Sentinela a ORGA deu um tiro no pé!


"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema"
Pablo Picasso
TJ esclarecido
TJ esclarecido
Moderador
Moderador

Mensagens : 1962
Likes : 168
Data de inscrição : 13/11/2011
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Qui Set 06 2018, 18:32

@TJ esclarecido escreveu:Com este artigo na Sentinela a ORGA deu um tiro no pé!

Não é o primeiro artigo que dá um parecer favorável sobre a permanência num casamento violento. Houve outro em 2012, onde era contada a história de Selma que aguentou 17 anos um marido, digamos, complicado.

Relembrar aqui:

http://testemunhasdejeova.forumeiros.com/t193-as-tj-toleram-a-violencia-domestica?highlight=viol%C3%AAncia+dom%C3%A9stica


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Qui Set 06 2018, 18:38

Bom artigo, mas nada de novo. Pena sair no Público, que tem uma audiência baixa online e offline (em papel), mas parabéns pelo artigo.


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Qui Set 06 2018, 21:06

@Vermute Rossi escreveu:Bom artigo, mas nada de novo. Pena sair no Público, que tem uma audiência baixa online e offline (em papel), mas parabéns pelo artigo.

Em relação às TJ não existe nada de novo para nós. A questão é que para o grande público isto é realmente novo e uma matéria que expõe um incentivo (mesmo que encapotado) à permanência numa relação abusiva e violenta será mais um ponto negativo para a organização. E não esqueçamos que este tipo de notícias não se fica pelo jornal, mas repercute-se por outros meios de comunicação social, especialmente no facebook.

Vejam que a página CAPAZES já colocou o artigo para ser visto: https://www.facebook.com/capazes.pt/

A SÁBADO tb já publicou a notícia: https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/testemunhas-de-jeova-incentivam-mulheres-a-suportar-violencia-domestica


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por EstudanteCurioso em Sex Set 07 2018, 09:53

Os autores do artigo agiram muito bem ( na minha opinião ) ao incluírem o contraditório por parte da socióloga Helena Vilaça, até porque como já aconteceu com anteriores peças jornalísticas o Betel de Portugal sempre que solicitado a apresentar a sua versão fecha-se em copas.

Contudo ( e também na minha opinião ) a forma como a Helena Vilaça apresenta esse contraditório é  intelectualmente desonesta, ou por outras palavras ate era capaz de julgar que o Betel a contratou para ser sua porta-vóz ( a seu discurso em tom e formato faz lembrar o das TJs)

Por exemplo a mesma diz "E as Testemunhas de Jeová até vão mais longe quando põem a hipótese de a mulher deixar o marido em situação de imoralidade sexual deixando-a livre para casar novamente."

Dito de forma honesta comentário seria algo do género

" O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo, se deixar o marido por qualquer outro motivo incluindo violência domestica é desassociada sendo obrigada a passar pela ostracização por arte de familia e amigos, incluindo pais e irmãos perdendo o apoio de tais pessoas que em circunstancias tão adversas é vital"

Aquilo é um cometário de quem obviamente NUNCA SOFREU NA PELE nenhuma das politicas da ORGA e portanto a senhora até pode ter estudado a bíblia com eles, observa-los há vários anos,   associar-se com eles em reuniões /assembleias / ajuntamentos sociais.

Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos.

Torna-se ainda mais grave tendo em conta que o publico alvo é a sociedade em geral , que deve ser alertada para os perigos desta seita porque desconhece ainda profundamente todos os meandros desta religião.
avatar
EstudanteCurioso
Membros
Membros

Mensagens : 184
Likes : 28
Data de inscrição : 03/11/2011
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 12:15

@EstudanteCurioso escreveu:Os autores do artigo agiram muito bem ( na minha opinião ) ao incluírem o contraditório por parte da socióloga Helena Vilaça, até porque como já aconteceu com anteriores peças jornalísticas o Betel de Portugal sempre que solicitado a apresentar a sua versão fecha-se em copas.

Contudo ( e também na minha opinião ) a forma como a Helena Vilaça apresenta esse contraditório é  intelectualmente desonesta, ou por outras palavras ate era capaz de julgar que o Betel a contratou para ser sua porta-vóz ( a seu discurso em tom e formato faz lembrar o das TJs)

Por exemplo a mesma diz "E as Testemunhas de Jeová até vão mais longe quando põem a hipótese de a mulher deixar o marido em situação de imoralidade sexual deixando-a livre para casar novamente."

Dito de forma honesta comentário seria algo do género

" O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo, se deixar o marido por qualquer outro motivo incluindo violência domestica é desassociada sendo obrigada a passar pela ostracização por arte de familia e amigos, incluindo pais e irmãos perdendo o apoio de tais pessoas que em circunstancias tão adversas é vital"

Aquilo é um cometário de quem obviamente NUNCA SOFREU NA PELE nenhuma das politicas da ORGA e portanto a senhora até pode ter estudado a bíblia com eles, observa-los há vários anos,   associar-se com eles em reuniões /assembleias / ajuntamentos sociais.

Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos.

Torna-se ainda mais grave tendo em conta que o publico alvo é a sociedade em geral , que deve ser alertada para os perigos desta seita porque desconhece ainda profundamente todos os meandros desta religião.

Boa tarde, EstudanteCurioso. Em primeiro lugar, deixa-me te corrigir. Estás errado quando dizes, e passo a citar "O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo". A morte do conjuge, segundo as leis tjoteanas, também é motivo para alguém se casar novamente.

Em segundo lugar, a opinião da conceituada Helena Vilaça, que tem um caminho académico a ter em conta (Quem quiser saber mais sobre as qualificações desta senhora pode aceder a este link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/func_geral.formview?p_codigo=215773 ), pode não agradar a todos, visto que ela demonstra o típico comportamento de quem vê as coisas como elas são e não como alguns ressabiados saídos da religião querem que seja. Em vez de criticar só por criticar, ela é honesta e mostra as coisas como elas são. Penso que foi esta senhora que passou um ano a década de 90 a acompanhar uma congregação das testemunhas de Jeová para entender alguns aspetos, mas não tenho bem a certeza. O que se passa no meu ponto de vista, é que existe da parte de muitos uma espécie de vingança cega, em que tudo é aproveitados para rebaixar a organização das testemunhas de Jeová. Testemunhei algumas atitudes recentemente, quando ninguém condenou o facto de um doente mental chamar nomes e se meter aos berros fora do salão do reino, provocando distúrbios. Ninguém teve a coragem de repudiar este homem. Por isso digo que existe uma espécie de vontade de vingança cega, que impede que os assuntos sejam debatidos como são, e, ao invés, são debatidos com aquilo que é mais fácil: a crítica básica, apenas por criticar.

"Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos." Provavelmente a opinião dela é muito mais valiosa do que a tua, porque se baseia em factos, e não na vontade de criticar apenas por criticar Smile





" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Altar em Sex Set 07 2018, 12:18

as religiões é o menos

acho é extraordinário como é que se casam, não há namoro ?

as pessoas pensam que a paixão vai durar sempre, e então só por estarem apaixonados casam-se passados meses, nem a um ano chegam de namoro

deve-se namorar anos, eu namorei 5 anos +/-

ninguém consegue fingir a sua própria natureza durante tanto tempo, dá para conhecer bem a pessoa

1) ele costuma bisbilhotar o smartphone ? controla todos os amigos e amigas ? pergunta sempre onde foi e etc ? isso significa que é pessoa ciumenta, possessiva e insegura

muitas mulheres morreram às mãos destes ciumentos obsessivos

2) como é que ele se comporta perante as responsabilidades no trabalho e etc ? é dedicado ? é profissional ? ou é desleixado, mandrião, e um parasita para o empregador ?

isto demonstra o grau de dedicação a algo, e sentido de valores

3) ele é infantil e menino da mamã ?

não conseguirá certamente lidar com responsabilidades de um casamento


enfim, as pessoas não sabem namorar o tempo suficiente para se conhecerem, isto é que me surpreende



Altar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1928
Likes : 58
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 49
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sex Set 07 2018, 12:26

Correio da Manhã também já pegou no assunto:

https://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/apav-critica-texto-sobre-violencia-domestica-das-testemunhas-de-jeova?v=cb


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sex Set 07 2018, 12:42

@Vermute Rossi escreveu:

Boa tarde, EstudanteCurioso. Em primeiro lugar, deixa-me te corrigir. Estás errado quando dizes, e passo a citar "O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo". A morte do conjuge, segundo as leis tjoteanas, também é motivo para alguém se casar novamente.

Em segundo lugar, a opinião da conceituada Helena Vilaça, que tem um caminho académico a ter em conta (Quem quiser saber mais sobre as qualificações desta senhora pode aceder a este link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/func_geral.formview?p_codigo=215773 ), pode não agradar a todos, visto que ela demonstra o típico comportamento de quem vê as coisas como elas são e não como alguns ressabiados saídos da religião querem que seja. Em vez de criticar só por criticar, ela é honesta e mostra as coisas como elas são. Penso que foi esta senhora que passou um ano a década de 90 a acompanhar uma congregação das testemunhas de Jeová para entender alguns aspetos, mas não tenho bem a certeza. O que se passa no meu ponto de vista, é que existe da parte de muitos uma espécie de vingança cega, em que tudo é aproveitados para rebaixar a organização das testemunhas de Jeová. Testemunhei algumas atitudes recentemente, quando ninguém condenou o facto de um doente mental chamar nomes e se meter aos berros fora do salão do reino, provocando distúrbios. Ninguém teve a coragem de repudiar este homem. Por isso digo que existe uma espécie de vontade de vingança cega, que impede que os assuntos sejam debatidos como são, e, ao invés, são debatidos com aquilo que é mais fácil: a crítica básica, apenas por criticar.

"Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos." Provavelmente a opinião dela é muito mais valiosa do que a tua, porque se baseia em factos, e não na vontade de criticar apenas por criticar Smile

Vermute Rossi, embora a tua resposta seja para o EstudanteCurioso, gostaria de dar a minha opinião sobre o que escreveste. Em primeiro lugar, é óbvio que a morte do cônjuge liberta o cônjuge vivo dos laços do matrimónio. Isso acontece até na religião católica. Era escusada essa menção de tão óbvia que é. O que está em discussão é o que se passa no relacionamento entre cônjuges vivos!

Em relação à Dra. Helena Vilaça, desde que a vi na reportagem da Ana Leal que percebi o seu esforço em suavizar e de certo modo branquear o extremismo religioso nas posições doutrinais e políticas organizacionais. Acredito que mais pessoas perceberam isso.

Nesta reportagem do Público, isso ainda ficou mais patente ao fazer várias observações que se esforçaram por minorar o impacto das posições da organização com respeito à forma como as esposas devem manter-se em relações abusivas. Sem dúvida que ela é simpatizante da religião ou pelo menos, ficou iludida com o ano em que acompanhou como outsider este grupo religioso, que eu considero como seita destrutiva e grupo de alto-controle.

Não é difícil isso acontecer, porque como sabemos, as pessoas que conhecem as TJ como simpatizantes e estudantes da Bíblia vivem a experiência de encontrar uma religião onde aparenta existir o amor fraterno e incondicional. Onde os conselhos bíblicos e muitas vezes práticos para o dia-a-dia parecem fazer sentido e onde toda a propaganda vinda da Torre de Vigia faz o seu caminho de modo subliminar na mente dos novatos.

É preciso viver a sério a religião e muitas vezes durante anos, para perceber o grau de manipulação e controle mental a que somos sujeitos. Por isso, considero que esta socióloga ficou apenas com o lado bonito da religião e parece-me que tem pouca formação na área de seitas destrutivas, ou pelo menos, não se apercebeu que esta religião é de facto uma delas.


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sex Set 07 2018, 12:49

Considero interessante este parágrafo:

"Confrontada pelo CM, a Associação de Testemunhas de Jeová rejeita qualquer responsabilidade de "incentivar" as mulheres a suportar violência, referindo que considera "repulsiva toda e qualquer forma de violência" sublinhando, no entanto, que "é da responsabilidade de cada pessoa tomar as suas próprias decisões", no que diz respeito à interpretação dos textos da revista."

Por outras palavras, a organização publica o que bem quer e dá conselhos e pontos de vista que bem entende. Se a pessoa os puser em prática e se f@€%r, o problema é dela e da sua interpretação dos textos.


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 13:33

@TJ Curioso escreveu:
@Vermute Rossi escreveu:

Boa tarde, EstudanteCurioso. Em primeiro lugar, deixa-me te corrigir. Estás errado quando dizes, e passo a citar "O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo". A morte do conjuge, segundo as leis tjoteanas, também é motivo para alguém se casar novamente.

Em segundo lugar, a opinião da conceituada Helena Vilaça, que tem um caminho académico a ter em conta (Quem quiser saber mais sobre as qualificações desta senhora pode aceder a este link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/func_geral.formview?p_codigo=215773 ), pode não agradar a todos, visto que ela demonstra o típico comportamento de quem vê as coisas como elas são e não como alguns ressabiados saídos da religião querem que seja. Em vez de criticar só por criticar, ela é honesta e mostra as coisas como elas são. Penso que foi esta senhora que passou um ano a década de 90 a acompanhar uma congregação das testemunhas de Jeová para entender alguns aspetos, mas não tenho bem a certeza. O que se passa no meu ponto de vista, é que existe da parte de muitos uma espécie de vingança cega, em que tudo é aproveitados para rebaixar a organização das testemunhas de Jeová. Testemunhei algumas atitudes recentemente, quando ninguém condenou o facto de um doente mental chamar nomes e se meter aos berros fora do salão do reino, provocando distúrbios. Ninguém teve a coragem de repudiar este homem. Por isso digo que existe uma espécie de vontade de vingança cega, que impede que os assuntos sejam debatidos como são, e, ao invés, são debatidos com aquilo que é mais fácil: a crítica básica, apenas por criticar.

"Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos." Provavelmente a opinião dela é muito mais valiosa do que a tua, porque se baseia em factos, e não na vontade de criticar apenas por criticar Smile

Vermute Rossi, embora a tua resposta seja para o EstudanteCurioso, gostaria de dar a minha opinião sobre o que escreveste. Em primeiro lugar, é óbvio que a morte do cônjuge liberta o cônjuge vivo dos laços do matrimónio. Isso acontece até na religião católica. Era escusada essa menção de tão óbvia que é. O que está em discussão é o que se passa no relacionamento entre cônjuges vivos!

Em relação à Dra. Helena Vilaça, desde que a vi na reportagem da Ana Leal que percebi o seu esforço em suavizar e de certo modo branquear o extremismo religioso nas posições doutrinais e políticas organizacionais. Acredito que mais pessoas perceberam isso.

Nesta reportagem do Público, isso ainda ficou mais patente ao fazer várias observações que se esforçaram por minorar o impacto das posições da organização com respeito à forma como as esposas devem manter-se em relações abusivas. Sem dúvida que ela é simpatizante da religião ou pelo menos, ficou iludida com o ano em que acompanhou como outsider este grupo religioso, que eu considero como seita destrutiva e grupo de alto-controle.

Não é difícil isso acontecer, porque como sabemos, as pessoas que conhecem as TJ como simpatizantes e estudantes da Bíblia vivem a experiência de encontrar uma religião onde aparenta existir o amor fraterno e incondicional. Onde os conselhos bíblicos e muitas vezes práticos para o dia-a-dia parecem fazer sentido e onde toda a propaganda vinda da Torre de Vigia faz o seu caminho de modo subliminar na mente dos novatos.

É preciso viver a sério a religião e muitas vezes durante anos, para perceber o grau de manipulação e controle mental a que somos sujeitos. Por isso, considero que esta socióloga ficou apenas com o lado bonito da religião e parece-me que tem pouca formação na área de seitas destrutivas, ou pelo menos, não se apercebeu que esta religião é de facto uma delas.


Boa tarde, TJ Curioso. Em relação ao teu comentário, tenho dois pontos a salientar: o primeiro prende-se com o facto de eu ter corrigido o EstudanteCurioso. Achas que aceitar informação incorreta contribui para um normal funcionamento do fórum? Claro que não... O meu comentário nesse sentido não foi desnecessário, apenas foi ao encontro de um aspeto preponderante no fórum: saber a verdade sobre a "verdade".

Em segundo lugar, quando dizes que a Dra. Helena Vilaça suaviza a sua opinião em relação Às TJ's, penso que a tua necessidade de critica destrutiva às TJ's leva a maior, em detrimento da realidade. Acho que sabes muito bem que quando mencionei, no meu último comentário, que critiquei ativamente o facto de alguns doentes mentais terem atitudes que acho no mínimo animalescas, na medida em que ninguém no seu perfeito juízo andaria a gritar insultos no meio da rua a testemunhas de Jeová. Apesar de tudo, nem um comentário foi feito a criticar uma atitude extremista. O que demonstra apenas que o que interessa, em muitos dos casos, é criticar destrutivamente, aproveitando aquilo que a religião tem de muito mau, para embarcar numa onda fanática, onde quem quer ser equilibrado muitas vezes é criticado.

Apesar de teres vivido nesta religião durante muitos anos, penso que ainda não entendeste que existem pontos positivos nesta religião assim como em tantas, e que anseias qualquer oportunidade para criticar apenas por criticar TJ Curioso. Conselho meu: segue em frente... não é por estares muito magoado que toda a gente tem de estar Smile Não me leves a mal por favor, um grande abraço, e parabéns pelos teus artigos.

Em relação ao trabalho da Dra Helena Vilaça: Acho que as provas falam por si. Penso que será das melhores vozes no que diz respeito a falar das testemunhas de Jeová de um ponto de vista científico, algo que nem tu nem eu nem a maioria daqueles que estiveram ligados a esta religião/seita ou aquilo que lhe quiserem chamar poderá entender algum dia: que o entendimento totalmente neutro advém de uma observação neutra, e que a ligação emocional, na maioria dos casos, fica para sempre Smile


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por EstudanteCurioso em Sex Set 07 2018, 14:37

[/quote]


Em segundo lugar, a opinião da conceituada Helena Vilaça, que tem um caminho académico a ter em conta (Quem quiser saber mais sobre as qualificações desta senhora pode aceder a este link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/func_geral.formview?p_codigo=215773 ),

"Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos." Provavelmente a opinião dela é muito mais valiosa do que a tua, porque se baseia em factos, e não na vontade de criticar apenas por criticar Smile




[/quote]

Agradeço seu ponto de vista agora vou partilhar o meu

1 º -Estudei economia que ja mete alguma matemática e estatística ao barulho e todos os meus professores eram óptimos a criar modelos de previsão e comportamento altamente complexos ( alguns eram e são chamados à televisão a comentar assuntos de economia e finanças) mas depois não conseguiam resolver um problema tão simples pratico e linear de logística como é distribuir alunos pelas salas para os exames de final de semestre......dava sempre m#&#$

Isto para lhe dizer que tirando as ciências exactas ( matematica quimica e fisica) a maioria dos académicos não passam de um bando de filósofos inúteis que vivem completamente afastados da realidade...do qual a Senhora Helena Vilaça me parece um perfeito exemplo.

2º Como alguém que sempre teve familia TJ , felizmente que os meus pais ainda não o eram quando nasci caso contrario teria ficado órfão de mãe à nascença ( politica do sangue ) e tendo eu próprio estudado a bíblia e tendo estado imerso naquele mundo durante alguns anos observando e ouvindo muita coisa

Por tudo lhe garanto que a opinião da socióloga não é mais valida que a minha

Tenha um bom fim de semana
avatar
EstudanteCurioso
Membros
Membros

Mensagens : 184
Likes : 28
Data de inscrição : 03/11/2011
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por HALDYS em Sex Set 07 2018, 15:05

[
" O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo, se deixar o marido por qualquer outro motivo incluindo violência domestica é desassociada sendo obrigada a passar pela ostracização por arte de familia e amigos, incluindo pais e irmãos perdendo o apoio de tais pessoas que em circunstancias tão adversas é vital"

O Estudante Curioso nao disse nada de incorrecto.O adultério e a única situação para as TJ em que o cônjuge pode separar se e voltar a casar.

Na morte j]a não ha cônjuge!
HALDYS
HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 501
Likes : 52
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 39
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sex Set 07 2018, 15:31

@HALDYS escreveu:[
" O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo, se deixar o marido por qualquer outro motivo incluindo violência domestica é desassociada sendo obrigada a passar pela ostracização por arte de familia e amigos, incluindo pais e irmãos perdendo o apoio de tais pessoas que em circunstancias tão adversas é vital"

O Estudante Curioso nao disse nada de incorrecto.O adultério e a única situação para as TJ  em que  o cônjuge pode separar se e voltar a casar.

Na morte j]a não ha cônjuge!

Pois… já os votos de casamento mencionam isso. Morrer a rir


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 16:37

@HALDYS escreveu:[
" O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo, se deixar o marido por qualquer outro motivo incluindo violência domestica é desassociada sendo obrigada a passar pela ostracização por arte de familia e amigos, incluindo pais e irmãos perdendo o apoio de tais pessoas que em circunstancias tão adversas é vital"

O Estudante Curioso nao disse nada de incorrecto.O adultério e a única situação para as TJ  em que  o cônjuge pode separar se e voltar a casar.

Na morte j]a não ha cônjuge!

Adoro quando a ignorância pura e dura dá espaço para estas situações Very Happy Vamos lá então ao "meaning" da palavra situação?

Segundo este site (https://www.priberam.pt/dlpo/situa%C3%A7%C3%A3o) a palavra situação pode ser entendida como:

1. Acto ou efeito de situar.
2. Maneira ou modo como um objecto está colocado. = DISPOSIÇÃO, POSIÇÃO
3. Estado das coisas ou das pessoas.
4. Ocorrência; vicissitude.
5. Fase governamental ou ministerial.
6. O governo, relativamente a uma dada época.
7. Estado financeiro de indivíduo ou colectividade.
8. [Brasil: Norte] Pequena fazenda ou quinta para criação de animais. = SÍTIO
"situação", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/situa%C3%A7%C3%A3o [consultado em 07-09-2018].

Confesso que não sabia o último, o ponto 8. Conforme mostrado em cima, a palavra situação, dentro da frase que formulei, pode muito bem ser aplicada em português. ( O marido da Maria está morto, logo ela está numa situação que a deixa casar-se novamente). HALDYS, está errada, portanto. Agora vou ao mais grave, que é o facto de o EstudanteCurioso ter falado da classe académica da forma como falou, e tenho pena que ninguém ter dito nada acerca disso.


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 16:57

Em segundo lugar, a opinião da conceituada Helena Vilaça, que tem um caminho académico a ter em conta (Quem quiser saber mais sobre as qualificações desta senhora pode aceder a este link: https://sigarra.up.pt/flup/pt/func_geral.formview?p_codigo=215773 ),

"Mas isso não lhe dá legitimidade de emitir uma opinião tão inócua sobre tais assuntos." Provavelmente a opinião dela é muito mais valiosa do que a tua, porque se baseia em factos, e não na vontade de criticar apenas por criticar Smile




[/quote]

Agradeço seu ponto de vista agora vou partilhar o meu

1 º -Estudei economia   que ja mete alguma matemática e estatística  ao barulho e todos os meus professores eram óptimos a criar modelos de previsão e comportamento altamente complexos ( alguns eram e são chamados à televisão a comentar assuntos de economia e finanças) mas depois não conseguiam resolver um problema tão simples pratico e linear de logística  como é distribuir alunos pelas salas para os exames de final de semestre......dava sempre m#&#$

Isto para lhe dizer que tirando as ciências exactas ( matematica quimica e fisica) a maioria  dos académicos não passam de um bando de filósofos inúteis que vivem completamente afastados da realidade...do qual a Senhora Helena Vilaça me parece um perfeito exemplo.

2º Como alguém que sempre teve familia TJ , felizmente que os meus  pais ainda não o eram quando nasci caso contrario teria ficado órfão de mãe à nascença ( politica do sangue ) e tendo eu próprio estudado a bíblia e tendo estado imerso naquele mundo durante alguns anos observando e ouvindo muita coisa

Por tudo  lhe garanto que a  opinião da socióloga não é mais valida que a minha

Tenha um bom fim de semana
[/quote]

EstudanteCurioso: Eu vou utilizar um português super simples, porque afinal eu faço parte maioritariamente, da classe académica que pertence às ciências sociais. Mas como a maioria de nós não passa de um bando de filósofos inúteis, então por isso, ya! bora dar razão a quem mais uma vez deu um tiro no pé? bora lá Smile

Epá, se andaste no curso de economia e andaste na faculdade, e pensas isso da maioria do pessoal das ciências não exatas, então deixa-me que te diga que enquanto pessoa, não percebeste nada da história da educação e do quão importante são essas cenas, as das ciências não exatas. BTW, esqueceste-te aí de várias ciências. E esqueceste-te de dizer a co-relação (desculpa o português muito elaborado Morrer a rir ) entre estatística (um ramo da matemática) e outras ciências, como a geografia. Essa gaja também é exata meu. A prova é que tive cadeiras de estatística relacionadas ao tema, que até curti bué Smile

Já agora, conheces esses tipos aqui? Nietzsche, Noam Chomsky, Molière, Victor Hugo, Baudelaire, Oscar Wilde, Shakespeare, Sigmund Freud, Pavlov, Paul Ekman, Jean-Jacques Rousseau, Jean-Paul Sartre, René Descartes... Todos esses manos marcaram a nossa história de variadíssimas maneiras. Não pus os manos gregos (Platão Aristóteles e outros gajos assim), porque tipo os gregos muitas vezes faziam bué estudos no campo da matemática, e não só na filosofia ou nas áreas que tipo a gente chama hoje de ciências não-exatas. Agora há muitos mais, eu é que não tive paciência de ir buscar mais nomes, se quiseres vai tu, e depois dizes-me quais são um bando de inúteis, pode ser? Morrer a rir E tipo, hás de dizer aos gajos de muitas das maiores empresas do mundo que parem de recrutar também pessoal dessas áreas, as das ciências não-exatas, porque tipo são um bando de filósofos inúteis, pode ser? Porque ao nível criativo, todos nós sabemos que muitas vezes o people das ciências exatas consegue muito bem ver atrás da cortina e criar coisas novas, não é? Morrer a rir Morrer a rir


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 17:10

Eu tive de fazer uma pausa, porque já não estou habituado a ouvir tamanha baboseira.... Estou aqui num gabinete de trabalho que frequento há pouco tempo. Apesar de a uma grande parte saber a minha posição nas testemunhas de Jeová e apesar de alguns saberem quem eu sou no fórum, não tenho falado a muita gente da minha participação no fórum, até porque sei que muitos assuntos não interessam muito ao pessoal do "mundo". Porém, este assunto sobre a violência doméstica e a consequente baboseira proferida fez rir muita gente Smile A sério, até tive de fumar outro cigarro porque não consigo acreditar no como o fanatismo e na falta de visão afeta muitas ex-TJ's. Como já disse uma vez, muitos deixam de ser TJ's, mas continuam a sê-lo na maneira de pensar. Engraçado que apenas aqueles que têm uma visão equilibrada daquilo que as testemunhas de Jeová são é que são um bando de inúteis, quando é para falar mal, todos têm razão Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 17:12

Atenção: o que fez rir não foi o assunto da violência doméstica, mas sim o facto de alguém ligado ao meio académico ter a coragem de dizer que a maioria do pessoal das ciências não exatas serem um bando de filósofos inúteis Very Happy


" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sex Set 07 2018, 17:34

Caro Vermuti Rossi, sem querer entrar aqui em bate-bocas para trás e para a frente, gostava de fazer algumas observações àquilo que respondeste em relação à minha resposta (e não só). Coloco as tuas respostas como citação e por baixo as minhas observações.

Boa tarde, TJ Curioso. Em relação ao teu comentário, tenho dois pontos a salientar: o primeiro prende-se com o facto de eu ter corrigido o EstudanteCurioso. Achas que aceitar informação incorreta contribui para um normal funcionamento do fórum? Claro que não... O meu comentário nesse sentido não foi desnecessário, apenas foi ao encontro de um aspeto preponderante no fórum: saber a verdade sobre a "verdade".

Olhando para a forma como a frase do EstudanteCurioso foi construída considero, que de facto, não falhou em exatidão tal como apontaste. Porquê? Vejamos o que ele escreveu:

O adultério ( imoralidade sexual a que a sra se refere) é a UNICA situação em que a mulher pode deixar o marido ficando livre para casar de novo…

O EstudanteCurioso afirma que a mulher pode deixar o marido ficando livre para se casar de novo apenas em caso de adultério. O ponto aqui é DEIXAR O MARIDO e PODER CASAR DE NOVO, não apenas o poder casar de novo. Daí eu ter afirmado que o ponto que trouxeste à atenção sobre a morte do cônjuge não tinha nada a ver com o ponto mencionado. Afinal, uma mulher a quem o marido morre não o "deixa".

Tu apenas te focaste na última parte da sentença, não tomando a necessária atenção à frase como um todo.

Em segundo lugar, quando dizes que a Dra. Helena Vilaça suaviza a sua opinião em relação Às TJ's, penso que a tua necessidade de critica destrutiva às TJ's leva a maior, em detrimento da realidade. Acho que sabes muito bem que quando mencionei, no meu último comentário, que critiquei ativamente o facto de alguns doentes mentais terem atitudes que acho no mínimo animalescas, na medida em que ninguém no seu perfeito juízo andaria a gritar insultos no meio da rua a testemunhas de Jeová. Apesar de tudo, nem um comentário foi feito a criticar uma atitude extremista. O que demonstra apenas que o que interessa, em muitos dos casos, é criticar destrutivamente, aproveitando aquilo que a religião tem de muito mau, para embarcar numa onda fanática, onde quem quer ser equilibrado muitas vezes é criticado.

Gostava que apontasses onde existe critica destrutiva da minha parte. Aquilo que eu tenho vindo a expor e criticar na religião, desde há vários anos, são coisas claras e objetivas e não meras críticas subjetivas e baseadas no humor do momento. Os casos de pessoas que atuam de modo desequilibrado ou moralmente questionável, nada têm a ver comigo ou devem ser apontadas para pôr em causa o trabalho que muitos dissidentes têm vindo a fazer na exposição da seita.

Apesar de teres vivido nesta religião durante muitos anos, penso que ainda não entendeste que existem pontos positivos nesta religião assim como em tantas, e que anseias qualquer oportunidade para criticar apenas por criticar TJ Curioso. Conselho meu: segue em frente... não é por estares muito magoado que toda a gente tem de estar Smile Não me leves a mal por favor, um grande abraço, e parabéns pelos teus artigos.

Eu sei perfeitamente que esta religião tem pontos positivos. Aliás, qual é a que não tem? A questão é se os pontos negativos pesam mais que os positivos ou se tão nocivos que ofuscam sobremaneira os positivos que possamos encontrar. Por isso esforço-me em ser razoável e factual ao apresentar artigos que expõem a religião das Testemunhas de Jeová e creio que poucas vezes se poderá apontar que fui melindroso ou sensível demais quanto às críticas que fiz.

Já agora, não estou magoado com a organização ou pessoas de modo particular. Aquilo que critico e exponho faço-o porque considero ser essencial que as pessoas reconheçam seitas destrutivas, seja esta, sejam quaisquer outras. Sinto-me moralmente obrigado a expor em especial esta porque é a que conheço melhor e a que mais impacto tem na sociedade em que vivemos.

Em relação ao trabalho da Dra Helena Vilaça: Acho que as provas falam por si. Penso que será das melhores vozes no que diz respeito a falar das testemunhas de Jeová de um ponto de vista científico, algo que nem tu nem eu nem a maioria daqueles que estiveram ligados a esta religião/seita ou aquilo que lhe quiserem chamar poderá entender algum dia: que o entendimento totalmente neutro advém de uma observação neutra, e que a ligação emocional, na maioria dos casos, fica para sempre

Respeito a tua opinião sobre a Dra. Helena Vilaça, mas discordo. Para se falar de um ponto de vista científico, deve-se deixar opiniões pessoais de fora e expor tudo sobre o tema no argumento apresentado. A fazer fé às citações feitas no jornal Público, assim como nas declarações proferidas na entrevista com a Ana Leal, percebe-se claramente um esforço de branqueamento, de desculpa perante doutrinas que levam pessoas à morte (como no sangue) e neste caso, em relação à violência doméstica. Não digo que ela não esteja a ser sincera na sua análise, agora discordo que esteja a ser estritamente profissional e isenta.

Quanto às afirmações do EstudanteCurioso sobre a maioria dos académicos, considero que foram exageradas. Mas que existe certamente académicos que vivem alheados das realidades vividas em grupos de alto controle e/ou seitas destrutivas, lá isso há.

Posso dizer que quando frequentei o curso de psicologia e apresentei matéria sobre a temática das seitas destrutivas e o impacto psicológico nas pessoas, NENHUM professor de psicologia conhecia o assunto. Nem um.

Em Portugal existe muita falta de informação sobre isto, tanto nos meios académicos como na sociedade em geral.


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Set 07 2018, 18:39

TJ Curioso, boa tarde, mais uma vez Very Happy

Em relação ao primeiro ponto, apesar da minha resposta estar correta ao real significado daquilo que eu disse, penso que existiu, da minha parte, uma má leitura da frase. e sim, quando o marido morre, a mulher não o deixa. Portanto nesse aspeto, tenho de dar razão à frase que foi dita, mas que não explica tudo. A única razão bíblica (para as TJ's) para uma mulher se casar de novo é quando a mulher é vítima de traição ( e já agora, quando essa é comprovada, e tendo em conta alguns anciãos, boa sorte para isso), ou quando o marido morre. Já agora, explica-se tudo Smile

Em relação ao segundo ponto, eu não disse que existia critica destrutiva da tua parte. Aquilo que eu escrevi, e passo a citar, foi que "Em segundo lugar, quando dizes que a Dra. Helena Vilaça suaviza a sua opinião em relação Às TJ's, penso que a tua necessidade de critica destrutiva às TJ's leva a maior, em detrimento da realidade." O ponto aqui em questão, se leres bem, e se olhares ao contexto do parágrafo, é que na minha opinião muitas ex TJ's entram num rodopio emocional tão grande que acabam por serem desequilibrados quando se fala da ex-religião/seita à qual pertenceram durante muitos anos em alguns casos. Por isso, qualquer notícia que é dada pelos mais diversos meios noticiosos é entendida como uma oportunidade de criticarem mais um pouco, mesmo que às vezes se chegue ao limite de aceitar e não levar a sério atitudes fanáticas e violentas. Lembras-te muito bem de há algum tempo atrás eu criticar ativamente um site mencionado por um grupo de uma rede social em que eras um dos responsáveis, pelo simples facto de mencionarem um homem que tem uma conta de youtube onde tem vídeos violentos a tratar mal pessoas arbitrariamente. Violência gratuita nunca serviu nem servirá para mudar atitudes e comportamentos, muito pelo contrário. O que foi feito perante a minha critica? Bem, pelo que sei ninguém criticou o facto daquele homem lá estar. Nem tu TJ Curioso. Gosto imenso de ti, tenho imenso respeito pelo teu trabalho acadêmico desenvolvido numa altura em que milhares de pessoas precisam de ajuda para saber a verdade acerca desta organização. Eu sei que és uma pessoa com imensa paciência, e que quase nunca respondes de uma forma brusca, mesmo quando a conversa chega a níveis mais baixos. Mas neste ponto.... para mim deixaste muito a desejar. Não por teres criticado, mas por não fazeres nada em relação a este aspeto. Daí a minha opinião: Penso que não concordas com o facto de um doente mental andar aos gritos na rua a chamar nomes às mães das TJ's, claro Morrer a rir.... mas também não foste capaz de chegar-te à frente e retirar um site que apoia a má-conduta ativa. Daí o facto de eu pensar que provavelmente esse tipo de atitude poderia deixar-te intimamente contente, como acontece com tantos outros TJ's. "Não concordas, mas no fundo é bem feita, toma!" Posso estar enganado? Sim, afinal só tu sabes o que vai no teu íntimo, mais nada. Portanto, penso que me entendeste mal, tendo em conta o contexto do parágrafo. E não, não quis dizer que existia critica destrutiva da tua parte.

Em relação ao EstudanteCurioso, o caso é mais grave. Além da baboseira que disse, tendo ele uma formação acadêmica na área da economia, sendo ela por muitos considerada em alguns aspetos como uma ciência social, torna-se ainda mais preocupante, talvez porque ficou demonstrado que afinal, ele faça parte da maioria daqueles que criticou. Sabes muito bem quem dizia que a filosofia e outras ciências não serviam para nada, porque o verdadeiro conhecimento estava na Bíblia? É isso mesmo... As TJ's. Entendes quando te digo que muitos deixam a religião mas não deixam de ser TJ's? Ora aí está.

Em relação à Dra.Helena Vilaça, penso que o seu ponto de vista é isento. Se não me engano, foi ela que disse na reportagem que "as testemunhas de Jeová ainda são uma seita". Achas que alguém que não estivesse isento proferiria uma afirmação destas? Penso que não. A "suavização" que chamas está relacionado com a realidade desta organização religiosa. Tudo aquilo que foi dito corresponde à realidade, apesar de me fazer parecer que uma boa parte das ex-TJ's ficaria toda feliz se ao invés de ter uma conduta profissional, esta mulher deitasse tudo abaixo e optaria por um discurso inteiramente destrutivo. Lembras-te da parte em que eu falava da necessidade de critica destrutiva? Wink




" O fanatismo atinge tanto aquele que professa cegamente uma crença infundada cientificamente como aquele que não consegue ver além do livro de ciência que tem à sua frente."
Vermute Rossi
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 459
Likes : 72
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário http://personagemqueescreve.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por EstudanteCurioso em Sab Set 08 2018, 15:01

@Vermute Rossi escreveu:Eu tive de fazer uma pausa, porque já não estou habituado a ouvir tamanha baboseira.... Estou aqui num gabinete de trabalho que frequento há pouco tempo. Apesar de a uma grande parte saber a minha posição nas testemunhas de Jeová e apesar de alguns saberem quem eu sou no fórum, não tenho falado a muita gente da minha participação no fórum, até porque sei que muitos assuntos não interessam muito ao pessoal do "mundo". Porém, este assunto sobre a violência doméstica e a consequente baboseira proferida fez rir muita gente Smile A sério, até tive de fumar outro cigarro porque não consigo acreditar no como o fanatismo e na falta de visão afeta muitas ex-TJ's. Como já disse uma vez, muitos deixam de ser TJ's, mas continuam a sê-lo na maneira de pensar. Engraçado que apenas aqueles que têm uma visão equilibrada daquilo que as testemunhas de Jeová são é que são um bando de inúteis, quando é para falar mal, todos têm razão Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

Meu caro não gaste o seu teclado com longas dissertações.

A minha opinião matem-se : a Dra. Helena Vilaça demonstrou total falta de profissionalismo na abordagem que fez à comunidade TJ.

Os seus comentários revelam uma de duas situações possíveis.


A) Ou a senhora se deixou deslumbrar e levar emocionalmente pela forma como foi recebida, e nesse caso os seus comentários perdem completamente qualquer validade cientifica, e tornam-se nas suas opiniões pessoais e subjectivas

Ou é mentira que um investigador especialmente das "ciências" não exactas deve, distanciar-se completamente ( de forma emocional ) do objecto de estudo de modo a apresentar uma analise o mais fria, objectiva, imparcial e próxima da realidade possível ???

B) Ou quando se introduzi no mundo TJ anunciou quem era e ao que ia e nesse caso falhou redondamente na abordagem / método cientificou.

Pois a partir daí terá sido exposta apenas ao lado positivo tendo-lhe sido vedado conhecimento / acesso ao lado negro desta religião, o que mais uma vez impediu a tal analise objectiva e imparcial.




avatar
EstudanteCurioso
Membros
Membros

Mensagens : 184
Likes : 28
Data de inscrição : 03/11/2011
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por TJ Curioso em Sab Set 08 2018, 17:07

Vermute Rossi com respeito ao vídeo de que falas, eu na altura manifestei a minha opinião sobre o assunto e mostrei que discordava daquela atitude, embora também dissesse que alguém que perde a família e todos os seus amigos ao ser expulso da religião ou decidir sair, fica emocionalmente abalado e poderá ter atitudes menos corretas.

Até acho que a esmagadora maioria das ex-TJ tem muita paciência em relação a isso e não se manifesta energicamente contra isso! Muita sorte têm as congregações de não haverem mais cenas dessas!

Com respeito à minha opinião com respeito à Dra. Helena Vilaça, conforme já disse, discordo e suspeito da sua isenção, ou pelo menos, da sua opinião "científica".

Vou pedir que voltem a ver na reportagem da Ana Leal, "Na Sombra do Pecado" os comentários que ela faz sobre as Testemunhas de Jeová e em especial ao minuto 19:58 até ao 20:52.

Após mostrar a capa da DESPERTAI! sobre os jovens que recusaram transfusões de sangue e morreram, a jornalista faz-lhe a pergunta de modo direto:

"Como é que pode não considerar um incentivo, uma publicação que tem como capa crianças a dizerem que morreram por Jeová?"

Nota-se na cara dela um claro incómodo com a pergunta e responde de modo irritado:

"Isso não é um incentivo à morte! É um incentivo, a de facto, a não fazer uma coisa que vai poluir a alma. Percebe? A alma é mais importante que a vida! Para esse grupo religioso, a alma é mais importante que este corpo."

Se esta resposta é científica e isenta, vou ali e já volto. Ela responde emocionalmente, tentando de algum modo atenuar a noção apresentada pela jornalista que aquele artigo de capa promove o conceito de mártires, ou seja, é um claro incentivo a morrer em nome de Deus.

Como disse, já nessa entrevista fiquei com a ideia que ela de algum modo não estava a ser totalmente isenta. Com esta entrevista do Público, as dúvidas que tinha desapareceram.



Última edição por TJ Curioso em Sab Set 08 2018, 17:13, editado 1 vez(es)


"Não me calarei perante a perversidade de homens que se colocam como deuses entre os demais e que tentam silenciar aqueles que lhes fazem frente."
TJ Curioso
TJ Curioso

Mensagens : 9135
Likes : 425
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 45

Ver perfil do usuário http://www.extj.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência Empty Re: NOTÍCIA - Testemunhas de Jeová acusadas de incentivar mulheres a suportar violência

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum