EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por Altar em Qui Nov 22 2018, 11:26

No relatório sobre Liberdade Religiosa, a Rússia vem, pela primeira vez, no grupo dos países mais problemáticos e a Coreia do Norte é "provavelmente o pior país do mundo". Portugal está a melhorar.

A islamofobia e o ódio religioso aumentaram nos países ocidentais nos últimos dois anos, conclui a edição de 2018 do relatório Liberdade Religiosa no Mundo, realizado pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre e que é apresentado esta quinta-feira.

Segundo as conclusões apresentadas no sumário executivo do relatório, o “recrudescimento dos ataques extremistas na Europa e noutras partes do Ocidente, motivados, em parte, pelo ódio religioso”, sugere que “a ameaça do extremismo militante está a tornar-se universal, iminente e sempre presente” e pode ser “apelidada de terrorismo de proximidade”.

O relatório aponta ainda para o facto de a crise migratória em curso estar a contribuir para o aumento da islamofobia no Ocidente e revela que “a maioria dos governos ocidentais falhou em dar a assistência urgentemente necessária aos grupos religiosos minoritários, em especial às comunidades deslocadas que desejam regressar a casa”.

O documento analisa a situação da liberdade religiosa em 196 países e conclui que há 38 nações no mundo onde existem “violações significativas da liberdade religiosa”. Destes, 21 estão classificados na categoria “Perseguição” (onde as minorias religiosas são perseguidas por uma religião maioritária) e 17 na categoria “Discriminação” (onde os próprios estados discriminam as minorias religiosas).

Segundo o relatório agora apresentado, que se reporta ao período entre 2016 (data do último relatório) e 2018, houve um “declínio especialmente acentuado” da liberdade religiosa na China e na Índia. Já num outro conjunto de países, como Coreia do Norte, Arábia Saudita, Iémen e Eritreia, “a situação já era tão má que dificilmente poderia piorar”.

Ao mesmo tempo, dois países entraram pela primeira vez no grupo dos que têm violações significativas da liberdade religiosa: Rússia e Quirguistão.

Estas conclusões podem ser lidas à luz do fenómeno crescente do “nacionalismo agressivo, hostil às minorias religiosas”, que se agravou ao ponto de “poder ser chamado de ultra-nacionalismo”. Como se lê no documento, “a intimidação violenta e sistemática dos grupos religiosos minoritários levou a que fossem considerados como estrangeiros desleais e uma ameaça para o Estado”.

Não obstante o crescimento da islamofobia e da discriminação de muçulmanos na Europa, o relatório aponta que é nos hiper-extremistas islâmicos que está a origem de grande parte das situações de violência e intolerância religiosa no mundo e sublinha ainda que “o sucesso das campanhas militares contra o Daesh e outros hiper-extremistas escondeu a propagação de movimentos islamitas militantes em regiões de África, do Médio Oriente e da Ásia”.

Outra das conclusões mais preocupantes do relatório é a “extensão do abuso sexual de mulheres por grupos e indivíduos extremistas em África, no Médio Oriente e em partes do subcontinente indiano”, que têm aumentado.

No que toca aos casos mais graves, a Coreia do Norte é descrita como “provavelmente o pior país do mundo para a liberdade religiosa”, onde existe uma “recusa sistemática de cada preceito” dessa liberdade. “Pensa-se que 25% dos cristãos estejam em campos de detenção”, acrescenta o documento.

Outro caso grave é o das Maldivas, onde, por lei, apenas os muçulmanos podem ter cidadania do país, onde a importação de Bíblias foi proibida e onde é proibida qualquer tipo de evangelização não muçulmana. Já na Mauritânia, a renúncia ao Islão e a blasfémia são punidas com a pena de morte.

Portugal reforça liberdade religiosa
No capítulo dedicado a Portugal, o relatório destaca que não houve “casos significativos de discriminação por razões religiosas ou abusos de liberdade religiosa que possam ser imputáveis ao Estado ou a outras entidades, nem se perspetivam num horizonte temporal próximo, tensões sociais, económicas ou políticas que façam prever uma alteração desta situação”.

O relatório sublinha até que “a questão da liberdade religiosa ou da perseguição às comunidades cristãs” poderá “vir a ganhar um protagonismo assinalável”, uma vez que as instituições públicas têm dado cada vez mais atenção a esse problema — quando, por exemplo, deputados portugueses escreveram ao embaixador do Paquistão em Lisboa exigindo a libertação de Asia Bibi, a cristã condenada à morte por blasfémia naquele país.

https://observador.pt/2018/11/22/islamofobia-e-odio-religioso-aumentam-no-ocidente-conclui-relatorio/



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1895
Likes : 58
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 49
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por River raid em Sex Nov 23 2018, 14:39

Altar
Quem com ferros mata com ferros morre!

Todavia, não podemos colocar todo o islão na mesma balança. Supostamente eles são, em parte, descendentes de Ismael.
Também a ele foi prometida uma grande Nação. Nada mais nem menos prometida por DEUS ( O único Deus, não aquele três em um,).

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4595
Likes : 205
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 43
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por Altar em Sex Nov 23 2018, 18:39

@River raid escreveu:
Altar
Quem com ferros mata com ferros morre!

Todavia, não podemos colocar todo o islão na mesma balança.


sim, concordo

mas sinceramente tenho receio deles, e então com esta invasão constante vindo de áfrica....


@River raid escreveu:
Supostamente eles são, em parte, descendentes de Ismael.

engraçado, pode-se bem não acreditar na bíblia, mas que ela profetizou estas coisas muitos séculos antes isso é verdade

é cheia de metáforas, escondendo às vezes a verdade, para ser depois revelada aos poucos

eles não são propriamente descendentes de carne de Ismael, são é descendentes da promessa que Deus lhes fez

e os cristãos os descendentes da promessa de Isaque

@River raid escreveu:

Também a ele foi prometida uma grande Nação. Nada mais nem menos prometida por DEUS ( O único Deus, não aquele três em um,).

exacto, daí as 2 grandes religiões do mundo : islão e cristianismo

é engraçado como os muçulmanos construíram mesmo uma mesquita no monte do templo, séculos antes de Israel existir e os judeus estarem espalhados pelo mundo....

parece-me mesmo vontade de Deus que ali não se construa mais o dito templo judaico, Deus sabia que Israel iria ressurgir

se os israelitas invadirem aquilo é guerra global

@River raid escreveu:
O único Deus, não aquele três em um

bah

Jesus disse :

"todo o poder me foi dado, no céu e na terra"

TODO quer dizer TODO, não quer dizer um chefe-de-estado-maior das forças armadas que tem o poder abaixo do Presidente

quer se queira quer não, a Bíblia é toda ela trinitária, para evitar esta interpretação é preciso distorcer bastantes versos e recorrer a muitas enciclopédias, é o que faz as TJs e suas revisões bíblicas



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1895
Likes : 58
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 49
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por River raid em Dom Nov 25 2018, 20:12

Se Deus é todo poderoso obviamente pode dar poderes a quem bem quiser, certo Altar?
Ele cedeu todo esse poder a Jesus porque QUIZ, não necessariamente por serem iguais.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4595
Likes : 205
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 43
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por Altar em Seg Nov 26 2018, 08:30

@River raid escreveu:Se Deus é todo poderoso obviamente pode dar poderes a quem bem quiser,  certo Altar?
Ele cedeu todo esse poder a Jesus porque QUIZ, não necessariamente por serem iguais.

certo, mas não seria TODO mas sim algum, quem tem TODO é Deus



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1895
Likes : 58
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 49
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por River raid em Ter Nov 27 2018, 21:58

@Altar escreveu:
@River raid escreveu:Se Deus é todo poderoso obviamente pode dar poderes a quem bem quiser,  certo Altar?
Ele cedeu todo esse poder a Jesus porque QUIZ, não necessariamente por serem iguais.

certo, mas não seria TODO mas sim algum, quem tem TODO é Deus
Foi Ele quem to disse?
Teu argumento tá circular, velho amigo. Primeiro dizes que deu todo o poder, depois deu poder parcial.
Em que ficamos?

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4595
Likes : 205
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 43
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Islamofobia e ódio religioso aumentam no Ocidente

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum